Show simple item record

dc.contributor.authorGraciano, Mariangela
dc.date.accessioned2013-09-27T16:15:42Z
dc.date.available2013-09-27T16:15:42Z
dc.date.issued2010
dc.identifier.citationGRACIANO, Mariangela. A educação nas prisões : um estudo sobre a participação da sociedade civil [online]. São Paulo : Faculdade de Educação, Universidade de São Paulo, 2010. Tese de Doutorado em Educação. [acesso 2013-09-27]. Disponível em: <http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/48/48134/tde-28012011-140835/>.es_ES
dc.identifier.urihttp://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/48/48134/tde-28012011-140835/pt-br.php
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/123456789/1742
dc.description.abstractEsta pesquisa propõe a investigação das práticas educativas desenvolvidas por organizações da sociedade civil e pessoas voluntárias no interior do sistema penitenciário do estado de São Paulo. Tais iniciativas, que se constituem em partilha da responsabilidade entre Estado e sociedade civil, são previstas e estimuladas em normas que versam sobre a educação no ambiente prisional. Diante da falta de informações sistemáticas acerca dessas parcerias, esta pesquisa teve entre seus objetivos: a caracterização dos tipos de parcerias estabelecidas; a identificação das motivações, intencionalidades e objetivos que regem tais iniciativas; a verificação de diferenças entre as atividades propostas nos presídios masculinos e femininos, entre outros. A pesquisa permitiu identificar sinais de mudança no campo da educação em prisões. Estes sinais, muitas vezes, parecem coerentes com as alterações percebidas por diversos autores, no Brasil e no mundo, no que diz respeito à ampliação do encarceramento, constituição de um sistema de privilégios no qual se baseia a manutenção da ordem interna às prisões, e abandono do ideal de reabilitação. No entanto, ações de governos, organizações da sociedade civil e também no campo da pesquisa indicam que a educação nas prisões vem se constituindo como um campo específico, tanto de análise quanto para a formulação de ações públicas, ainda incipientes, mas notáveis. ===ABSTRACT=== The purpose of this research is the investigation of educational practices carried out by civil society organizations and volunteer individuals in the São Paulo State prison system. These initiatives consist of sharing responsibility between the State and civil society, being comprehended and stimulated in guidelines concerning education in the prison environment. Considering the scarcity of systematic information concerning these partnerships, one of the goals of this research is the characterization of partnerships established; the identification of the motivations, intentionality and purposes that guide these initiatives; the differences between activities developed in male and female prisons, among others. The research made possible to identify evidences of changes in prison education. These evidences are often in accordance with the ones perceived by different authors in Brazil and in the world concerning the expansion of incarceration, the emergence of a privilege system upon which the maintenance of the prison internal order is founded, as well as the abdication of the rehabilitation purpose. However, both governments and civil society organizations actions, as well as the research area, indicate that prison education has been developing to become a specific field for both analysis and public policymaking, still incipient but already distinguishable.es_ES
dc.language.isootheres_ES
dc.publisherUniversidade de São Pauloes_ES
dc.subjectEducación de los presoses_ES
dc.subjectEducación no formales_ES
dc.subjectEducación de adultoses_ES
dc.subjectDerecho a la educaciónes_ES
dc.titleA educação nas prisões: um estudo sobre a participação da sociedade civiles_ES
dc.typeThesises_ES


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record